quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

ÁREAS VINÍCOLAS DA TOSCANA - MAREMMA

Apelidada de Califórnia da Itália, Maremma é, estritamente falando, o nome das áreas planas costeiras da província de Grosseto. No entanto, o termo passou a ser aplicado referindo-se aos distritos vinícolas de toda a costa sudoeste e das colinas internas. Atraídos por condições para produzir vinhos premium em quantidade comercialmente viável, muitos nomes fortes da vinicultura da Toscana fincaram um pé nessa área nos últimos anos. Morellino di Scansano é a tradicional DOC cuja vinificação é baseada na Sangiovese da área, produzindo tintos potentes com sabores de ameixas e notas de especiarias e tabaco que não requerem um envelhecimento muito longo. Val di Cornia é uma DOC mais recente, com epicentro em Suvereto. Solos similares aos de Chianti dão aos tintos daqui muito mais poder e potencial de envelhecimento do que os vinhos geralmente de baixa acidez de outras partes da Maremma. Val di Cornia ganhou reputação pelas vinícolas-butiques, mas o futuro talvez apresente vinícolas modernas em escala maior como a Petra. A Cabernet Sauvignon e a Merlot são fortes na área, mas este também é um dos poucos terroirs fora das colinas centrais que pode conferir uma excitação real à Sangiovese.
Monteregio di Massa Marittima é uma DOC nova que cobre uma grande área de cultivo ao norte de Grosseto. A variedade de uva oficial é, mais uma vez, a Sangiovese, mas os melhores vinhos da área são IGTs que usam Cabernet e/ou Merlot, como varietais ou em cortes.

Um comentário:

Anderson disse...

Agracemos ao autor deste blog pelas excelentes informações de aguçada seleção, e pelas imagens que falam por sí só.